26 de jul de 2015

Valor da Apple supera todas as empresas brasileiras na Bolsa de Valores

Que a Apple possui um enorme valor para a economia mundial você provavelmente já desconfia, mas quando transportamos essa influência para valores materiais, em dólares, o tamanho da empresa fundada por Steve Jobs torna-se ainda mais impressionante. De acordo com um levantamento do instituto de consultoria Economatica, a Maçã "vale" mais do que todas as empresas brasileiras de capital aberto.
A soma de todas as empresas do Brasil que estão na Bolsa de Valores é de US$ 684,5 bilhões (aproximadamente R$ 2,29 trilhões). Já a Apple tem um valor de mercado de US$ 713,8 bilhões (o equivalente a R$ 2,39 trilhões).
Isso significa que a companhia poderia se dissolver para adquirir todas as empresas brasileiras com ações na Bolsa e ainda ter US$ 29 bilhões de "troco". Na liderança do ranking nacional está a Ambev, com valor de mercado de US$ 92,2 bilhões (cerca de R$ 309 bilhões)
Um dos fatores que explicam essa discrepância de valores é a valorização no mercado. As companhias brasileiras caíram, em média, US$ 414 bilhões. No caminho oposto, a Apple subiu US$ 141 na mesma variável. Em 2002, ainda segundo dados da Economatica, a situação era bem diferente: o valor de mercado das empresas nacionais na Bolsa era vinte vezes maior que o da Maçã.
Fonte: Tecmundo.