19 de fev de 2016

Apple ganha mais tempo para responder sobre sua disputa contra o FBI

A Apple ganhou mais uns dias para responder à Justiça americana por que não quer ajudar o FBI a contornar a segurança do iOS para reforças as investigações sobre o ataque que deixou 14 pessoas mortas na Califórnia em dezembro.
O juiz que, em 16 de fevereiro, disse que a empresa deveria dar o que os investigadores pediram afirmou que a Apple tinha cinco dias para se defender, caso discordasse da decisão. Agora, segundo reporta a Bloomberg, a equipe jurídica de Tim Cook terá até o dia 26 de fevereiro para isso.
O caso levou Tim Cook a divulgar uma carta tornando público que o governo dos Estados Unidos quer obrigar a Apple a criar uma versão alternativa do iOS que contorne os esquemas de segurança responsáveis por manter os dados dos aparelhos inalcançáveis. Os investigadores fazem tal exigência para acessar o conteúdo de um iPhone 5c usado pelos responsáveis pelo tiroteio da Califórnia.
Depois que o CEO publicou a carta, várias empresas do setor declararam apoio à Apple, incluindo Google, WhatsApp e Microsoft.
Fonte Olhar Digital.