8 de mar de 2017

Apple iPhone 8 vai definir 'nova tecnologia' para todos os próximos iPhones

Neste ano, a Apple vai incluir pela primeira vez em seus iPhones uma tela OLED. Contudo, a tecnologia será restrita ao iPhone 8 — modelos iPhone 7 e 7s continuarão com o display Retina HD, ou seja, LCD. Se você ficou chateado pensando no valor no iPhone top de linha deste ano, que deve girar em torno de US$ 1 mil, poderá esperar 2018 para ter um celular da Apple com tela OLED.
Adeus, telas LCD
Isso porque, segundo um relato da The Bell, a Maçã deve colocar telas OLED em todos os iPhones fabricados a partir de 2018. O relato indica que a fábrica Interflex, fornecedora da Apple, vai gastar mais de US$ 800 milhões na construção de uma nova linha de produção para fabricar placas de circuito impresso flexível (FPCBs).
A fonte diz exatamente o seguinte: "A Apple vai garantir peças OLED para iPhones de três fornecedoras sul-coreanas, incluindo unidades da Samsung, Interflex e BH. É esperado que a Apple tenha OLED para 60 milhões de unidades ou 40% dos iPhones 8 neste ano e dobrar a adoção no próximo ano. Até 2019, ela deverá usar OLED em todos os novos iPhones".
Conceito

iPhone 8

A tela do iPhone 8 será o destaque do aparelho: 5,8" que ocupam o mesmo espaço que a tela de 4,7" do iPhone 7. Isso porque, no iPhone 8, o botão Home será removido, e os recursos de botões serão integrados na tela. A resolução? Segundo os rumores, 2K QuadHD e uma proporção de exibição maior que 2:1.
Preço? Padrão Apple: US$ 1 mil ou mais
O iPhone 8 também deverá chegar ao mercado com 3 GB de memória RAM. Por outro lado, se você espera ver bordas ou cantos curvos no iPhone 8, pode desistir. Fontes indicam que ocorreram alguns problemas na produção do vidro 3D e nos resultados de resistência das telas curvas, então a Apple abandonou a ideia por enquanto. Com isso, o iPhone 8 chegará com um vidro 2,5D — igual aos modelos atuais —, mas com tecnologia 3D que pode ser usada com reconhecimento facial e realidade aumentada.
E o preço? Bem, aquele padrão Apple: US$ 1 mil ou mais. Para saber mais notícias sobre os próximos smartphones da Maçã, acompanhe esta página.
Fonte: Tecmundo.