15 de mar de 2017

Velho, não... clássico! Apple I pode ir a leilão por mais de R$ 1 milhão

Sabe aquele computador bem velhinho guardado em um cantinho obscuro de casa e que ninguém sabe por que ainda não foi jogado fora? Às vezes, esse equipamento pode valer uma crifra superior a R$ 1 milhão. Esse pode não ser o seu caso, mas com toda certeza representa o brinquedinho clássico que uma casa de leilões alemã tem em mãos: um exemplar muitíssimo bem conservado e completamente funcional do Apple I. Ao que parece, ele faz parte das últimas oito unidades intactas do computador icônico da Maçã e pode chegar ao precinho humilde de US$ 320 mil.
A empresa, especializada no comércio de antiguidades, está prestando serviço para o dono original do produto, um engenheiro californiano que preferiu se manter no anonimato. Seja como for, o zelo do profissional foi tão grande com o produto que ele ainda possui toda a documentação original que acompanhava a caixa, nota fiscal para peças e acessórios e uma carta do suporte da Apple indicando que o PC não poderia ser atualizado para o novíssimo – na época – Apple II. Adicionalmente, seu número de série garante que ele é o 14º de 200 computadores desse tipo, todos produzidos em 1976.

O Apple I tem um espaço no seu coração? E na sua carteira, hein?
O pacote contendo aparelho e todas as suas peças e papeladas – que incluem anotações com os telefones de ninguém menos que Steve Jobs e Steve Wozniak – está programado para ir a leilão no próximo dia 20 de maio, em um evento realizado na cidade de Colônia, na Alemanha. Embora a expectativa inicial seja de que o lote saia por um valor entre US$ 190 mil e US$ 320 mil – algo como R$ 600 mil e R$ 1 milhão, respectivamente –, é bem provável que quem queira levar o material para casa tenha que desembolsar uma grana muito maior.
Há cerca de três anos, por exemplo, um Apple I também funcional foi negociado por US$ 365 mil (R$ 1,15 milhão). Nesse mesmo ano, porém, a organização The Henry Ford pagou nada menos que US$ 905 mil (quase R$ 2,9 milhões) por outra unidade em condições semelhantes. Como a casa de leilão Team Breker afirma que o modelo em sua posse é “o mais bem conservado do mercado”, é bem provável que o seu resgate do FGTS inativo não seja suficiente para que o computador clássico faça parte da sua coleção pessoal.
Fonte: Tecmundo.