3 de mai de 2017

Apple vendeu menos iPhones, mas ganhou mais dinheiro com eles

Empresa de Cupertino registrou queda nas vendas do seu smartphone no trimestre, mas viu sua receita com os aparelhos subir no período.

Pouco após uma receita recorde de 78,4 bilhões de dólares no trimestre anterior, a Apple revelou nesta semana os resultados do trimestre encerrado em 1º de abril, quando registrou receita de 52,9 bilhões de dólares e lucro de 11 bilhões de dólares.
O segundo trimestre do ano fiscal da Apple não teve nenhum iPhone novo, além de um iPhone SE repaginadoe uma edição especial em vermelho do smartphone. De qualquer forma, a Apple costuma registrar uma queda entre o último trimestre de um ano e o primeiro do ano seguinte. E os resultados desta vez foram melhores do que os registrados no mesmo período do ano passado, quando a gigante teve receita de 50,6 bilhões de dólares. 
Em comunicado, o CEO da Apple, Tim Cook, disse que a empresa registrou “demanda robusta contínua para o iPhone 7 Plus” e “momentum forte para os nossos negócios de serviços, com a maior receita registrada para um trimestre com 13 semanas”. 
No geral, o lucro da Apple no trimestre superou as expectativas do mercado, mas ficou um pouco abaixo do que esperado em termos de receita e vendas de iPhones. 
As vendas na Europa e na China caíram na comparação ano a ano, mas os números subiram nas Américas (do Norte e do Sul), Japão e no restante da Ásia Pacífico.  
Como costuma acontecer, a Apple vendeu menos iPhones neste trimestre do que no anterior, mas também menos ainda do que no mesmo período do ano passado. No entanto, a companhia ganhou mais dinheiro com os iPhones vendidos neste trimestre – 33,25 bilhões de dólares X 32,86 bilhões de dólares. Isso pode significar que os usuários estão preferindo o mais caro iPhone 7 Plus na hora de fazer o upgrade.
Um pouco surpreendente foi o fato dos Macs registrarem números mais altos no trimestre com 4,2 milhões de unidades vendidas no período, crescimento de 4% na comparação ano a ano. 
As vendas do iPad caíram 13% no trimestre, mas a recente com outros produtos, que incluem o Apple Watch, subiram 31% no mesmo período.
Fonte: Macworld.