15 de jul de 2018

Teste mostra que o iOS 12 acelera iPhones antigos; veja os resultados

O iOS 12 traz uma leva de novos recursos para iPhones e iPads, mas o verdadeiro foco do sistema operacional é melhorar o desempenho de aparelhos antigos, conforme revelado pela Apple durante o WWDC. A prova dessa intenção é o fato de que neste ano, excepcionalmente, todos os aparelhos que rodavam o iOS 11 poderão ser atualizados, quando tradicionalmente a empresa abandona ao menos um iPhone mais antigo todo ano.
Mas esse compromisso com ganhos de desempenho realmente pode ser verificado na prática? A Apple recentemente liberou a primeira versão beta do sistema operacional, que já pode ser instalada e testada em aparelhos por qualquer interessado, o que permite observar o que o iOS 12 realmente tem a oferecer.
O site CNET chegou a fazer um comparativo de velocidade com dois iPhones 5s, justamente para ver qual o impacto do novo iOS em celulares antigos. O primeiro deles rodava o iOS 11.4, que é a versão estável mais recente do sistema; o outro rodava o iOS 12 beta. Ambos passaram por um reset de fábrica e tinham 16 GB de armazenamento interno antes do experimento.
Para fazer o comparativo, o site se baseou nos exemplos da Apple, que falava que aplicativos e o teclado do sistema abriam consistentemente mais rápido no novo iOS. Veja as diferenças:
Tarefa
Quão mais rápido foi o iOS 12?
Abrir o aplicativo Mail
0,25 segundo
Abrir o Safari e carregar o site CNET
3,5 segundos
Abrir o Maps
Sem diferença
Deslizar para tirar uma foto na tela de bloqueio
0,5 segundo
Abertura do teclado no Messages
1 segundo
Tela de compartilhamento aparece no Safari
1 segundo
Siri completar uma tarefa
0,5 segundo
Vale notar que por se tratar de uma versão beta, o iOS 12 pode ter suas capacidades modificadas consideravelmente até o lançamento oficial, previsto para setembro. Até lá, a Apple pode otimizar bastante o sistema, o que pode melhorar os resultados, mas também existe a possibilidade de os ganhos de desempenho serem reduzidos nos próximos meses.
Fonte: Olhar Digital.