15 de abr de 2015

Deu no ‘Financial Times': Brasil tem iPhone mais caro do mundo

Comprar um modelo mais recente do smartphone da Apple custa no Brasil quase o dobro do preço do mesmo aparelho quando vendido nos Estados Unidos.
O dado não chega a ser uma grande surpresa para os brasileiros que conhecem os preços dos iPhones no país, especialmente em tempos de desvalorização do real. Ele foi confirmado por uma análise do Deutsche Bank, publicada nesta quarta-feira (15) pelo jornal de economia britânico “Financial Times'' e pelo jornal “The Guardian''. A avaliação do banco é equivalente ao “índice big mac'', que compara o poder de compra em diferentes países a partir do preço de alguns produtos em relação ao dólar.
Segundo o “Guardian'', o Brasil é o único país dos vinte analisados em que o smartphone custa mais de mil dólares. O iphone no Brasil custa US$ 1.254, enquanto o mesmo aparelho pode ser comprado por US$ 650 nos EUA.
Apesar do alto preço do iPhone, a desvalorização do real fez com que o Brasil deixasse de ser o país mais caro quando outros produtos são comparados.
“Quando o banco começou a fazer esta pesquisa, quatro anos atrás, o Brasil era o mercado emergente mais caro do mundo (…). Desde então, a desvalorização da moeda puxou os preços para mais perto do que o mundo espera de um país em seu nível de desenvolvimento'', diz o “Guardian''.
Fonte: Uol

Capa garante bateria extra para o Apple Watch

Uma empresa americana criou uma capa que consegue bateria extra para o Apple Watch.

O produto chamado wipowerband garante ao relógio inteligente quase o dobro de autonomia que ele teria normalmente. A bateria do Apple Watch dura um dia em uso.

A capa está em pré-venda nos Estados Unidos por US$ 89, cerca de R$ 277, para o modelo de 38 mm e US$ 99, cerca de R$ 308, para a edição de 42 mm. Ela pode ser escolhida entre 5 cores pelo usuário.

O relógio inteligente da Apple chega a nove países em 24 de abril. Ainda não há previsão de lançamento no Brasil.
Fonte: Olhar digital.