25 de jun de 2015

Nove truques para fazer a bateria do celular durar mais

  • Reduzir o tempo de bloqueio da tela e desligar bluetooth.
    são duas das dicas para fazer a bateria render
A bateria do seu celular sempre acaba quando você mais precisa? E quando não há nenhuma tomada por perto para carregá-lo? Seu carregador portátil sempre te deixa na mão?

Apesar de alguns avanços, fazer uma bateria durar mais ainda é um desafio para a indústria da telefonia.
Enquanto eles buscam soluções, reunimos uma série de ajustes rápidos que você pode fazer em seu celular para fazer a bateria render mais.

1. Ajuste o brilho da tela

A luminosidade da tela do seu aparelho tem um grande impacto sobre o consumo de bateria. Diminua o brilho e o mantenha o mais baixo possível, de uma maneira que ainda seja cômodo para se ler.

Para isso, vá em Configurações ou ajustes >> Tela ou brilho, dependendo do tipo de celular que você tem.

Você também pode desativar a opção "brilho automático", já que ela pode estar otimizada para ficar em um nível bem alto de brilho

2. Desligue o modo vibração

Deixar o celular para vibrar juntamente com o toque sonoro ou quando está no modo silencioso consome muita bateria. É uma função útil para quem não quer que o celular toque. Mas se você não precisa disso, o melhor é desativar. Para isso, é preciso ir em Configurações e ajustes e, em seguida, em Som.

3. Reduza o tempo de bloqueio da tela

Boa parte da vida de uma bateria é consumida com o uso da tela de início. Assim, quanto menos tempo seu celular levar para escurecer a tela, mais ele economiza bateria.

Para checar isso, vá em Configurações >> Geral >> Bloqueio automático. Selecione então o menor tempo possível.

4. Desligue as conexões de wi-fi e bluetooth

Ambas as funções minam a bateria de qualquer celular. Se não estiver usando, desative uma delas ou ambas.

Lembre-se que não há motivos para andar por aí com o wi-fi ligado. Tanto os modelos novos de Android como o de iPhone têm opções para ligar ou desligar ambas as conexões na tela de início, fazendo com que você não precise ir até o menu de configurações.

5. Desative a localização permanente do GPS

Essa é outra das funções que consome muita bateria. Mas é possível desligá-la ou restringir seu uso.

Para isso, vá em Configurações >> Privacidade >> Localização. Nessa tela, é possível tanto desativar totalmente a função ou, dependendo do celular, selecionar os apps que podem usar o serviço de localização.

6. Reduza as notificações

Será que você tem mesmo que saber na hora cada vez que alguém curte ou comenta um post seu no Facebook? Se achar que não é fundamental na sua vida, considere desativar as notificações de suas redes sociais.
Fonte: Uol

Novo padrão permitirá recargas sem fio mais rápidas que tradicionais

Uma nova especificação no padrão de produção em smartphones que utilizam (ou poderão utilizar em um futuro próximo) o sistema de carregamento sem fio permitirá que esses aparelhos se recarreguem através de uma corrente de energia sem fio com velocidade até maior do que os dispositivos com carregamento tradicional.
 
Essa nova especificação no padrão Qi Wirelles Power, designado assim por um consórcio de empresas do ramo da tecnologia chamado WPC (Wireless Powers Consortium), agora torna possível que um smartphone possa receber até 15 watss de potência elétrica na corrente de carregamento, o que permitiria carga de 60% num dispositivo em menos de 30 minutos de carregamento.
  
Atualmente, cerca de 50 milhões de smartphones com a opção de carregamento sem fio já podem ser adquirido no mercado, e a aposta do consórcio de empresas - que abriga gigantes da tecnologia como Samsung, Sony, Motorola, Microsoft, HTC, Verizon, entre outras -, é que esse número crescerá vertiginosamente dentro de 10 anos.
  
Um fato interessante é que a Apple não faz parte do WPC, o que torna os planos da Apple nessa área tecnológica um pouco obscuros. Entretanto, a empresa norte-americana é conhecida por ter investigado ao longo dos anos o carregamento sem fio e suas variações por conta própria.

Fonte: Olhar Digital.

Usuários do iPhone 6 relatam "tela azul da morte" nos EUA

Usuários do iPhone 6 nos Estados Unidos foram pegos de surpresa nesta quinta-feira, 25, quando seus aparelhos apresentaram um bug que fazia com que o aparelho reiniciasse constantemente, mas não sem antes exibir a famigerada “tela azul da morte”.
Não foram todos os usuários atingidos, mas foram muitos. O problema foi restrito aos assinantes da operadora T-Mobile, que é bastante popular no país. O que parece ter acontecido é que a empresa soltou uma atualização de software repentina para seus serviços que obviamente estava com algum problema de compatibilidade.
O resultado do problema é que os fóruns de suporte da Apple foram bombardeados com reclamações. A publicação reclamando da tela azul é uma das mais populares, com mais de 60 respostas e quase 30 mil visualizações. O mesmo também aconteceu no Facebook, Twitter e até no Reddit
A operadora está recomendando que as pessoas que estão encontrando o problema façam um hard reset do aparelho. No entanto, um dos usuários a encontrar o problema percebeu que, ao desativar as chamadas via Wi-Fi do celular resolveu a situação enquanto não há uma correção oficial.
Fonte Olhar Digital.

Como ler mensagens no WhatsApp sem que a outra pessoa saiba que você viu. (final video)

WhatsApp é hoje é ferramenta de comunicação mais utilizada hoje pelos brasileiros. Mandar uma mensagem de texto, uma foto ou um vídeo pelo aplicativo é muito mais rápido – e barato – do que utilizar os planos de dados comercializados pelas operadoras. Mas há alguns males da tecnologia que muitos não gostam de enfrentar.
É o caso do recurso double check, aqueles dois sinaizinhos azuis que aparecem ao lado da mensagem enviada. Quando eles mudam para a cor é azul, o remetente tem a confirmação de que quem está do outro lado de fato recebeu e visualizou a mensagem em questão. O que pode ser um alívio para uns, pode ser um incômodo para outros.
Mas saiba que é possível “burlar” com facilidade esse recurso. Tudo o que você precisa fazer é ativar o modo avião antes de visualizar as mensagens no aplicativo. Em seguida, leia tudo aquilo que quiser e, ao terminar, feche o aplicativo e, posteriormente, desative o modo avião.
Com isso, as mensagens são recebidas – e podem ser lidas normalmente -, mas a notificação de “lida” fica impedida de ser enviada e, consequentemente, quem mandou a mensagem não vai saber se você leu ou não. Mas cuidado: da próxima vez que você entrar no aplicativo, todas as notificações de “lida” serão enviadas de uma só vez.
Vale lembrar que o WhatsApp já conta com um sistema que permite que você desabilite notificações como essa. Porém, você deixa de ver as notificações de outras pessoas. Por fim, não se esqueça que o Android mantém processos em segundo plano, o que pode inviabilizar a brincadeira caso você tire o aparelho do modo avião. Para resolver isso, destaive as notificações nas configurações do app.
Fonte: Tecmundo.