4 de out de 2015

Apple compra startup que promete melhorar comunicação com a Siri

A Apple acaba de fazer mais uma aquisição: uma companhia de inteligencia artificial britânica cuja esppecialidade é desenvolver nas máquinas a capacidade de se comunicar com os humanos de forma mais natural. 

Chamada de VocalIQ, a startup surgiu do Grupo de Sistemas de Diálogo da Universidade de Cambridge e tem como especialidade fazer com que os aparelhos eletrônicos entendam melhor a forma com que os humanos falam. Ela trabalha com interfaces que podem ser usadas em carros e aparelhos vestíveis, entre outros aparelhos.

A Apple, que já vem trabalhando em aperfeiçoar a sua assistente virtual, Siri, pode se beneficiar com isso para fazer com que ela entenda melhor o que os humanos estão lhe perguntando. Essa melhoria iria parar em praticamente tudo o que a empresa lança, desde iPhones e o Apple Watch até o carro elétrico em que estão criando.

A notícia, que foi anunciada primeiro pela Financial Times, já foi confirmada pela Apple. A VocalIQ, por sua vez, ainda não se pronunciou a respeito do assunto.
Fonte: Olhar Digital.

Apple Watch chega ao Brasil em 16/10 com preços a partir de R$2.900

Anunciado em março pela empresa, relógio inteligente possui diferentes versões que podem custar mais de R$100 mil.
A Apple anunciou nesta sexta-feira, 2/10, que o seu relógio inteligente Apple Watch será lançado oficialmente no Brasil em 16/10.

Como esperado, os preços serão bem salgados e variam entre 2.900 reais e 135 mil reais dependendo do modelo escolhido. Nos EUA, os valores ficam entre 350 dólares e 10 mil dólares.
O smartwatch da empresa desembarca no mercado brasileiro cerca de seis meses após seu lançamento nos EUA e outros locais.
Versão mais barata, o Apple Watch Sport está disponível em um total de 12 modelos que custarão entre 2.900 reais e 3.300 reais. Em seguida, vem o Apple Watch padrão, com preços entre 4.600 reais e 9.100 reais. Por fim, temos a versão de luxo do aparelho, chamada de Watch Edition, que é feita de ouro 18K e custa até 135 mil reais (!).
Fonte: Macworld