25 de fev de 2016

Vazamento de protótipos mostra os possíveis designs do iPhone 5se

iPhone 5se, modelo de smartphone com tela de 4" que deve ser apresentado pela Apple em março, vazou na forma de dois esquemas de design. O responsável pela divulgação é Steve Hemmerstoffer, o especialista conhecido como @OnLeaks, que recebeu as imagens de um sujeito envolvido com a produção do aparelho.
São duas imagens, mostrando fases diferentes do design do iPhone 5se e provando que ele já teve duas ideias de visual. No visual moderno, nota-se que o flash traseiro foi trocado do circular para a tecnologia conhecida como TrueTone. Além disso, ele apresenta a faixa na cor branca que "separa" os sensores de câmera do resto do painel traseiro do dispositivo.
Veja os dois desenhos abaixo:

Fonte: Tecmundo.

Apple começa a liberar correção para bug do calendário que 'mata' o iPhone

Uma semana depois de informar que estava trabalhando numa solução para corrigir o bug que “mata” o iPhone quando a data do aparelho é ajustada para antes de maio de 1970, a Apple começou a liberar uma atualização do iOS que de fato acaba com o problema.
A quarta versão de testes do iOS 9.3 impede que os usuários voltem a data do iOS para antes das 19h de 31 de dezembro de 2000 no horário da costa leste - isso equivale à 0h do dia 1º de janeiro de 2001 (1/1/1) no horário do Meridiano de Greenwich.
Na semana passada, a Apple afirmou que quem estivesse com o aparelho travado deveria levá-lo até uma assistência oficial, onde o iOS é reiniciado em sua versão de fábrica. Alguns usuários disseram ao MacRumors que nem sempre isso funciona, mas restaurar o aparelho para esta versão beta, entretanto, resolve o problema.
O iOS 9.3 beta 4 está atualmente disponível apenas a desenvolvedores e usuários com perfil de testadores. Ainda não se sabe quando a versão será liberada a todos os donos de iPhones, iPads e iPods touch.
Fonte: Olhar Digital.

Apple trabalha para deixar o iPhone ainda mais difícil de ser hackeado

Em meio a um processo judicial contra o FBI pelo direito de não hackear um iPhone, a Apple está trabalhando para tornar o iOS ainda mais seguro, o que faria disputas como esta serem inúteis.
O caso contra o FBI envolve uma brecha de segurança na arquitetura do iOS. Embora o sistema possua recursos que impedem técnicas de obtenção de senha por força bruta, ele permite que os usuários instalem atualizações sem precisar desbloquear o aparelho - o que facilita o trabalho das assistências técnicas.
É essa brecha que o FBI quer explorar. Os investigadores foram à Justiça para tentar obrigar a Apple a criar uma atualização que desbloqueie o iPhone 5c usado pelo casal que matou 14 pessoas num ataque em San Bernardino, no começo de dezembro.
Fontes do New York Times afirmam que a Apple já vinha trabalhando numa solução para o problema semanas antes de a briga contra o FBI tomar as proporções atuais. O especialista em segurança Jonathan Zdziarski disse ao jornal que apenas sua equipe mandou “provavelmente 50 ideias diferentes” à companhia sobre como consertar a brecha

Entretanto, quando o caso se tornou público o mercado passou a questionar por que a Apple permite que o software que é o coração do iPhone possua tamanha abertura. Isso deve ser mudado em breve, independentemente de como terminar a disputa contra o FBI.

Fonte: Olhar Digital.