1 de jun de 2016

Apple pode lançar novos modelos de iPhones a intervalos de 3 anos

A Apple lança novos aparelhos a cada semestre ou no máximo a cada ano. Motivo para estender intervalo seria a falta de grandes inovações em hardware

A Apple buscará fazer mudanças evolutivas ao invés de revolucionárias em seu iPhone a medida que estende seu ciclo de atualização para uma vez a cada três anos, de acordo com informações publicadas nesta terça-feira (31) no site Nikkei. Até então, a Apple tem feito lançamentos semestrais ou anuais para o iPhone.
Tal mudança, que o jornal diz que é “provável” que a Apple faça, se dá devido ao pouco espaço que resta para fazer grandes avanços em hardware para smartphones – pelo menos até que uma grande nova tecnologia entre em cena. À medida que chips se tornam mais rápidos e software melhoram, os benefícios vistos nas atualizações anuais estão ficando menores. 
O Nikkei ainda informa que o modelo de 2016 será “praticamente idêntico” ao iPhone 6 e terá pequenas mudanças como na melhora da qualidade da câmera, resistência a água e uma melhor bateria. O plug de fone de ouvido também deverá ser removido.
Já a versão para 2017 terá maiores mudanças, como a adição de uma tela LED orgânica. Telas OLEDS produzem cores mais brilhantes e vivas do que as atuais telas LCD e ajudam a prolongar a vida da bateria já que não exigem luz de fundo. 
O jornal não identificou sua fonte, mas indica que as informações vêm de algumas companhias no Japão, Taiwan e China que fornecem a maioria dos componentes para os aparelhos da Apple. 
Ainda segundo o Nikkei, os cronogramas de produção fornecidos para tais entregas indicam que a Apple não está esperando vender mais iPhones em 2016 que 2015.
A Apple ainda se mantém muito lucrativa, mas sua divisão para iPhone mostrou recentemente sinais de crescimento mais lento. Em abril, a empresa registrou a primeira queda trimestral em vendas do iPhone desde que o produto foi lançado em 2007.
Fonte: Macworld.