13 de out de 2016

Vendas de Macs despencam 13% no terceiro trimestre

Segundo a IDC, essa foi a maior queda entre as principais cinco fabricantes nos últimos três meses.

As vendas de PCs Windows foram melhores do que as de Macs no terceiro trimestre deste ano, segundo dados da IDC.
No total, as vendas de PCs alcançaram um total de 68 milhões de unidades entre julho e agosto, número 3,9% em relação ao mesmo período de 2015.
Segundo a IDC, a queda não foi tão ruim quanto o esperado, e os números ficaram 3,2% acima das suas projeções iniciais.
As vendas de Macs, por exemplo, caíram 13%, a maior queda registrada entre as cinco maiores fabricantes de computadores. No total, a Apple, quarta colocada, comercializou 5 milhões de máquinas no período contra 5,76 milhões no mesmo período do ano passado.
Vale lembrar que vários laptops e desktops Mac estão prestes a receber um upgrade com os novos processadores Skylake e Kaby Lake, da Intel. Esses lançamento podem impulsionar as vendas da linha nos próximos meses. É importante destacar que os números da IDC não incluem aparelhos destacáveis como o iPad Pro.
O analista da IDC, Jay Chou, não soube dizer imediatamente se as vendas de Chromebooks superaram os Macs - esses dados só ficarão prontos em novembro.
As vendas de Chromebooks vem crescendo a uma taxa rápida graças ao seu uso em educação e podem superar os Macs algum dia. No entanto, a IDC espera que as vendas de Chromebooks fiquem mais lentas no quarto trimestre.
A taxa de queda não foi tão ruim para os fabricantes de PCs Windows, provavelmente impulsionados pelos upgrades para o Windows e pelas vendas da volta às aulas. A HP chegou mais perto da Lenovo para recuperar o posto de maior fabricante de PCs do mundo, que está nas mãos da empresa chinesa desde 2013.
O crescimento mais lento na China prejudicou a Lenovo, mas as vendas da companhia continuaram crescendo nos EUA. Já a HP viu seus números crescerem em todas as regiões.
As vendas da Lenovo totalizaram 14,5 milhões de unidades, queda de 3,2% que deixou a empresa asiática com uma fatia de 21,3% do mercado. Logo atrás aparece exatamente a HP, com 21,2%, graças ao crescimento de 3,3% no trimestre, quando registrou vendas de 14,4 milhões de unidades.
A terceira colocada, a Dell, cresceu 6,2% com suas 10,8 milhões de unidades vendidas. Quem também cresceu foi a Asus, que registrou um total de 4,7 milhões de unidades, número 5,2% maior.
Fonte: Macworld.

A Apple deve anunciar produto misterioso; saiba o que pode ser

O BGR notou que a Apple pode estar se preparando para lançar um produto novo. Neste ano, a Maçã já apresentou as suas estrelas, o iPhone 7 e iPhone 7 Plus, contudo, ainda há uma "conferência Apple" marcada — e as expectativas são altas. Na próxima conferência, é esperado que a equipe de Tim Cook apresente novos MacBooks e outros acessórios; porém, o rumor de um novo produto misterioso não para de crescer.
Tudo começou no Reddit, quando um usuário chamado "Foxconninsider" (Foxconn é uma das parceiras da Apple) disse que trabalha na Universidade de Tsinghua, um MIT chinês, segundo o próprio, e que foi realizado um evento fechado no campus em que trabalha. Nesse evento, representantes da Foxconn teriam apresentado protótipos de dois produtos não lançados ainda pela Apple.
Um dos produtos, de acordo com o BGR, seria a próxima geração do Magic Keyboard. Um pouco decepcionante para você, talvez? Bem, saiba que essa próxima geração realmente deve trazer inovações bem interessantes. Isso porque a Apple também parece estar comprando uma startup chamada Sonder, e esses caras testam uns teclados bem diferentes.
Fonte: Tecmundo.