29 de jan de 2017

Perdeu o celular? Veja como localizar o aparelho

É hora de descomplicar a tecnologia!
Você perdeu o celular ou então ele foi roubado? Não precisa se preocupar, porque o smartphone pode ser rastreado e você pode descobrir onde ele está! Olha só!
 Se é um Android, acesse o link abaixo e entre com a mesma conta do Google que foi registrada no smartphone. A localização do aparelho aparece aqui nesse mapa! Se você perdeu o celular em casa ou no trabalho, é só clicar em “Tocar”, que ele vai emitir um som pra você conseguir encontrar.
Agora, se ele foi roubado ou perdido na rua, a dica é bloquear o aparelho. Clique aqui em “Bloquear” e redefina a senha. Assim você consegue desbloquear caso encontre o celular depois! Você também pode apagar todos os dados clicando em “Apagar”. Mas aí o smartphone será restaurado pras configurações originais de fábrica. É como se ele tivesse acabado de sair da caixa e não tem como recuperar mais os dados do aparelho, viu?
Pra usar todas essas funções, o celular precisa estar configurado pra ser rastreado. Entre no app “Config. Google”, clique em “Google” e depois em “Segurança”. Em "Gerenciador de dispositivos Android", ative “Localizar remotamente o dispositivo” e “Permitir bloqueio e limpeza remotos”.
Incrível, né? E tem mais.
Pra saber a localização do iPhone, entre no site do iCloud com o seu ID Apple e clique em “Buscar iPhone”. Aqui também vai aparecer um mapa indicando a localização do seu celular.
Clique no aparelho que aparece no mapa pra abrir um quadro com as opções “Reproduzir som”, “Modo perdido” e “Apagar iPhone”. Na primeira opção ele vai emitir um som pra ajudar você a encontrar; a segunda opção bloqueia o smartphone e ainda exibe uma mensagem com um número de telefone de um parente, amigo ou até mesmo um outro número seu pra caso alguém encontre. E o último apaga todos os dados do iPhone.
Ah, mas tudo isso só funciona se a opção “Buscar iPhone” estiver ligada. Lá no celular, vá em “Ajustes”, depois “iCloud” e ative a função “Buscar iPhone”. Prontinho!
Agora, se você tem um Windows Phone, entre no link abaixo e acesse a conta que você usa no smartphone. Agora clique em “Localizar meu telefone” pra ver a localização em um mapa.
Assim como nos outros, você pode pedir pra ele fazer barulho, bloquear ou apagar tudo! Pra ativar o rastreamento entre nas “Configurações” e “Localizar meu telefone”. Aqui selecione a opção “Salvar a localização do telefone regularmente”.
Em todos os casos, se o celular estiver desligado ou sem bateria, aparece o último local que ele esteve ligado, tá?
Gente, uma última coisa: se o celular foi roubado, não vá atrás do aparelho sozinho, porque pode ser perigoso, hein? O melhor é procurar uma delegacia, fazer o boletim de ocorrência e informar a localização indicada pelo sistema. 
Fonte: Olhar digital.

Apple prepara usina solar de 200MW para alimentar data center nos EUA

Companhia de Cupertino tem trabalhado consistentemente rumo ao objetivo de usar 100% de energia renovável para todas as suas operações
A Apple anunciou nesta quinta-feira (26) uma joint venture com a Nevada Energy (NV Energy) para construir uma usina solar de 200MW para alimentar o seu data center em Reno, Nevada. A instalação é o maior projeto solar da Apple até então e é esperada para ser inaugurada no início de 2019.
O data center da Apple está localizado no Reno Technology Park; a companhia também tem planos de construir outro campus para um data center anexo ao já existente. 
A companhia de Cupertino tem trabalhado consistentemente rumo ao seu objetivo de usar 100% de energia renovável há alguns anos. Ela já usa 100% de energia renovável para o seu data center na Carolina do Norte, com alguma parte vindo de usinas de bioenergia e o resto de plantas solares. 
Em 2015, a Apple anunciou que todas as suas instalações nos Estados Unidos - e 93% de suas operações ao redor do mundo - serão alimentadas com energia renovável.
Em Singapura, por exemplo, a companhia está alimentando suas instalações de manufatura com painéis solares de 32MW que são localizados sobre o topo de 800 telhados.
Na China, a companhia está acrescentando capacidade de 170MW de energia solar para completar a energia usada para fabricar iPhones e outros produtos no país. 
Também em 2015, a Apple anunciou que estava investindo US$ 848 milhões em usinas solares para alimentar suas operações na Califórnia, incluindo seu novo campus em Cupertino, além de lojas e seu data center em Fremont. O acordo colocou a Apple à frente do Walmart como a maior companhia a usar energia solar. O projeto de energia solar de 2015 representou acréscimo de 130MW de energia solar através de um acordo de compra de 25 anos com a California Flats Solar Project.
Em setembro do ano passado, a Apple se uniu a uma iniciativa de energia renovável global, a RE100, uma organização comprometida a ajudar companhias e municípios a alcançarem suas metas de usar 100% de energia renovável.  
“Investir em fontes de energia limpa inovadoras é vital para o compromisso da Apple em atingir e manter 100% da energia renovável através de todas as nossas operações”, disse Lisa Jackson, vice-presidente da Apple para meio ambiente e iniciativas políticas e sociais, em comunicado.   
“Nossa parceria com a NV Energy ajuda a assegurar nossos clientes com o iMessages, FaceTime e solicitações a Siri que são alimentados com energia limpa e apoia esforços para oferecer a escolha de energia verde a residentes e negócios em Nevada”. 
Nas próximas semanas, a NV Energy preencherá uma aplicação junto a  Public Utilities Comission of Nevada para celebrar um contrato de compra de energia para a nova usina de energia solar.
O projeto trará a NV Energy um total de mais de 529MW  de nova capacidade solar sob construção em Nevada ou sob revisão de aprovação.
“A Apple também vai dedicar até 5MW de energia para o futuro programa solar de assinatura para clientes residenciais e comerciais”, informou a companhia. 
Fonte: Macworld.