17 de set de 2015

iCloud tem preços reduzidos e armazenamento sobe para 1 TB

Se você já baixou o iOS 9 no seu iPhone, pode ser que não tenha notado algo interessante sobre os preços da plataforma de backup na nuvem da Apple, o iCloud. Agora, os valores foram reajustados — e a ferramenta passou a armazenar até 1 TB de dados.
Usuários de iPad, iPhone, Mac e Windows registrados no serviço vão pagar mais barato a partir desta semana. Não é necessário alterar o seu registro ou outro dado: a mudança é automática.
Caso você não pague pelo iCloud, a nuvem continua oferecendo os mesmos 5 GB. Porém, o plano de 500 GB foi descontinuado para suportar 1 TB — o dobro de espaço para todos os seus arquivos, documentos, fotos e vídeos. O preço continua igual ao do plano antigo, US$ 9,99 (R$ 38).
Outra mudança foi para o plano de 20 GB. Agora, ele também cresceu e oferece 50 GB pelo mesmo valor antigo: US$ 0,99 (R$ 3,8). O desconto ainda chegou para quem assinava 200 GB. O serviço vai custar US$ 2,99 (R$ 11).
Gostou das mudanças nos valores e espaço de armazenamento no iCloud? Diga nos comentários.
Fonte: Tecmundo. 

iOS 9 chega a 12% dos usuários em 24 horas

O iOS 9 é um sucesso? Só o tempo dirá realmente se ele realmente vai cair no gosto do público, mas, ao menos, o início é promissor. Em 24 horas, 12% dos iPads, iPhones e iPods Touch já estão rodando a nova versão do sistema operacional, segundo levantamento da Mixpanel.
Apesar de ser um bom número, principalmente considerando que só depois de quase um ano o Android Lollipop chegou à casa dos 20%, ele ainda está abaixo do que a Apple é capaz. No ano passado, com o lançamento do iOS 8, em apenas um dia o total de aparelhos era de 16%.

O declínio é ainda mais significante quando lembramos que a atualização para o iOS 8 tinha aproximadamente 4 GB, e era pesada demais para ser baixada facilmente por pessoas com apenas 16 GB de armazenamento. Na maioria dos casos, as pessoas tiveram que fazer uma limpeza em fotos, músicas e aplicativos para abrir espaço. Neste ano, o update tem pouco mais de 1 GB, sendo muito mais fácil a atualização.
A causa da diminuição do ritmo de atualização não é clara. Pode ser devido aos problemas iniciais do iOS 8, que  teve alguns bugs incômodos para uma boa parte do público, incentivando parte do público a ter mais paciência. Também pode ser porque há no mercado um número maior de iPhones, iPads e iPods Touch, de modo que o número absoluto de aparelhos atualizados não mudou muito, mas o percentual acabou afetado.
De qualquer forma, o iOS 7 ainda teve uma adoção muito mais rápida em termos percentuais do que as versões mais novas. Em um dia, a penetração chegou a 20%.
Fonte: Olhar Digital.