28 de mar de 2015

Aprenda a melhor forma de distribuir vídeos e fotos dentro de casa.

Já são muitas as soluções e opções para você distribuir mídia dentro da sua casa; é possível assistir o conteúdo do smartphone direto na TV, acessar conteúdo online sob demanda na TV conectada, extrair tudo o que há de melhor nos set-up boxes mais modernos e assim aproveitar tudo o que o mundo online oferece na comodidade da sua telona – seja no centro da sala ou no seu home theater particular.
O cabo HDMI ainda resiste como uma das formas de conectar um computador à televisão. É bastante simples – normalmente apenas um cabo é suficiente; no máximo, em alguns casos, é preciso também uma conexão exclusiva para o áudio. Ainda que seja uma opção barata, não é muito cômoda; afinal, você fica limitado aos velhos fios…
A maioria dos aparelhos das principais marcas hoje já são Smart TVs; ou seja, se conectam sozinhos à internet e oferecem uma gama de aplicativos. Desde joguinhos, aplicativos de chamada por video e, principalmente, serviços de streaming, como YouTube e Netflix. Nós, do Olhar Digital, é claro, também estamos aqui, com nosso aplicativo de vídeos para algumas das principais marcas do mercado. Alguns modelos também permitem espelhar a tela do seu smartphone – se ele for da mesma marca – na tela da TV.

Mas o que chama mesmo atenção neste mundo de distribuição de mídia dentro de casa são os dispositivos que fazem o meio de campo entre a internet e sua TV. Eles são geralmente mais atraentes do que as Smart TVs e oferecem mais aplicativos. Os principais serviços de streaming (alguns ainda nem disponíveis no Brasil) estão todos lá. A Apple TV e o Chromecast, do Google, são exemplos de formas bem interessantes e fáceis de obter acesso ao mundo virtual pela tela da TV. Mais do que isso, esses aparelhos permitem que você transmita e mostre praticamente qualquer conteúdo do seu smartphone – como fotos, vídeos e até sites – direto na televisão. Para quem gosta de experimentar, existe uma variedade grande de set-up boxes – que é o nome genérico desse tipo de aparelho – que oferecem diferentes aplicativos e funcionalidades.

Outro jeito de levar o conteúdo que está no mundo online para a sua TV são os consoles de videogame. Eles também já trazem boa parte das funções dessas caixinhas: acessam a web e trazem inclusive a opção de baixar aplicativos para assistir a filmes ou a conteúdos específicos.

Mas, talvez, o que exista de mais interessante no sentido de literalmente distribuir mídia é uma plataforma chamada XBMC. Já ouviu falar?
O sistema transforma seu computador em um verdadeiro centro de mídia; e melhor, bastante organizado. Ele pode ser usado em um PC simples e é totalmente gratuito. O XBMC também dá acesso aos principais serviços de streaming como Hulu, Netflix, Amazon Prime e inclusive canais que ofereçam conteúdo online como CBS, NBC e muitos outros.
Interessante é que os recursos de organização vão muito além dos filmes… você pode classificar também seus arquivos, fotos, documentos.
Se você ficou interessado, acesse olhardigital.com.br e confira o link direto para download do XBMC. Aproveite e depois conte pra gente, como você distribui mídia na sua casa? E, se tiver perdido, não deixe de conferir os dois primeiros capítulos desta série “Casa Conectada”; conheça os tipos de conexões e também como distribuir o sinal da internet pelo seu lar. Ah! E não se esqueça: você pode assistir ao Olhar Digital também pelas TVs conectadas ou pela Apple TV. No caso das TVs, basta fazer uma busca na sua loja de aplicativos. Estamos presentes na plataforma da LG, da Panasonic e da Toshiba. Em breve, chega o aplicativo para quem tem Samsung. Na Apple TV, acesse o aplicativo de Podcasts. Na busca, digite Olhar Digital e, pronto, está tudo lá à sua disposição. Aproveite!
Fonte: Olhar Digital.

Dicas para economizar a bateria do seu smartphone

Dicas para economizar a bateria do seu smartphone
A cada dia que passa, os celulares assumem mais e mais funções em nosso cotidiano. Telefonamos, enviamos e-mails, assistimos a vídeos, fazemos videoconferências, vemos fotos, acessamos a internet, enviamos mensagens e utilizamos diversos aplicativos - e com isso haja bateria! Quem nunca precisou fazer algo importante com o celular e percebeu que a bateria estava prestes a acabar? Para evitar situações assim, elaboramos este tutorial para auxiliá-lo a economizar a energia do seu smartphone ou tablet e assim não precisar passar por sufoco - ou pelo incômodo de ter que carregar o celular toda hora.

Diminua o nível do brilho da tela

O brilho da tela parece ser um item inofensivo, mas é o maior consumidor de energia de seu smartphone. Sempre que possível, reduza-o. Em ambientes fechados com boa iluminação, o nível do brilho pode ficar bem baixo; reduza-o sempre que possível e perceba a redução significativa do consumo de bateria do aparelho.
brilho automático

Desligue conexões de rede, Bluetooth, 3G e afins

As conexões consomem bastante energia, por isso fique atento sempre que não estiver utilizando esses recursos. Às vezes compartilhamos a internet do smartphone com outros dispositivos móveis, mas esquecemos de desabilitá-la depois do uso, isso faz com que a bateria se esvaia rapidamente. Isso também vale para conexões wi-fi, 3G Bluetooth, GPS e similares - é simples: se você não vai usar, não precisa estar ativado.
conxeções de rede

Não utilize papel de parede animado

Se você tem um celular com sistema operacional Android, com certeza já deve ter visto um papel de parede animado, também conhecido como papel de parede dinâmico. São realmente muito bonitos e produzem diversos efeitos interessantes no aparelho, mas infelizmente consomem muita energia. Para poupar a bateria do seu celular, substitua-os por wallpapers estáticos.
gerenciando a bateria do celular

Utilize aplicativos para gerenciamento de bateria

Existem diversas opções de aplicativos e recursos para gerenciamento de bateria nos smartphones. Entre os apps mais usados do gênero podemos citar Juice DefenderEnergizer, Battery Doctor, Battery Defender, ShutApp e GreenPower. O que estes e outros programas similares fazem é facilitar o gerenciamento de aplicativos e funções do seu celular ou tablet. Através deles, é mais fácil fechar programas, desabilitar conexões e alterar padrões de funcionamento que influenciam no consumo.
economizando bateria do celular

Mantenha a sincronização automática de notificações desativada

Atualmente é muito raro usuários de smartphone não terem acesso a pelo menos uma rede social, e a função de sincronização automática de mensagens e notificações foi pensada para que os usuários fiquem sempre atualizados, em tempo real, de interações e alertas dessas redes sem ter que abrir os aplicativos. O problema é que essa função é uma das principais vilãs no quesito consumo de bateria. Desativando ela, você poupa muita energia e prolonga a duração da bateria do seu celular - desligando a sincronização automática, você deve verificar seu e-mail e suas redes sociais abrindo os aplicativos em questão para ver se há novidades e mensagens.
otimizando bateria

Elimine os aplicativos inativos

Não esqueça de desinstalar aplicativos que você deixou de usar ou que ficam obsoletos por algum motivo. Muitas vezes mantemos muitos apps com funções similares entre si, que ocupam espaço e consomem baterias quando ativos (dependendo do aplicativo, pode ser que ele fique ativo em segundo plano no sistema e você nem perceba).

Seja precavido

Se você não tem condições de andar com o carregador do celular em sua bolsa, carregue consigo pelo menos um cabo USB, pois quando conectado a um computador ele poderá carregar o seu aparelho. Vale ressaltar que nesse caso o carregamento será mais lento do que quando feito pelo carregador original, mas já quebra um galho - e quando for utilizar cabos USB para carregar o aparelho pelo computador, priorize portas com USB 3.0, já que elas são bem mais rápidas do que as 2.0.
Por fim, você pode comprar um carregador adaptado ao acendedor de cigarros do carro. Assim você pode dar uma carga extra no seu aparelho enquanto vai de um lugar a outro.
Fonte:Zigg